Avaliação pós-ocupação para acústica de salas de aula - estudo de caso em escolas técnicas do Estado de São Paulo

Lucio Paulo Paula

Resumo

Este trabalho teve como objetivo a “Avaliação Pós-Ocupação” (APO) de escolas técnicas da rede pública na cidade de São Paulo, quanto à satisfação dos ocupantes com as condições de conforto acústico. Foram analisadas três escolas técnicas com projetos arquitetônicos distintos. A pesquisa foi desenvolvida por meio de quatro métodos que se complementam: análise de projetos; vistorias in loco das edificações escolares; questionários APO aplicados aos alunos, professores e gestores das unidades escolares; e medições de parâmetros acústicos, destacando-se o nível de pressão sonora nos ambientes internos, o ruído de fundo e o tempo de reverberação em salas de aula. Os resultados obtidos indicam que as escolas técnicas não atendem aos padrões de conforto acústico previsto nas normas e recomendações de especialistas. De forma geral, os usuários (diretores, professores e alunos) não estão satisfeitos com o conforto acústico das escolas.

Texto completo:

PDF

Número de visualizações: 229

Referências

ACOUSTIC SOCIETY OF AMERICA – ASA. ANSI S12.60. Acoustical performance criteria, design requirements, and guidelines for schools. Melville, 2010.

ALTON, Everest; POHLMANN, Ken C. Master Handbook of Acoustics. 5 ed. New York: Mcgraw-Hill, 2009. 510 p.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10152: Níveis de Conforto - Procedimento. Rio de Janeiro: ABNT, 2017. 4 p.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12179: Tratamento acústico em recintos fechados - Procedimento. Rio de Janeiro: ABNT, 1992.

BISTAFA, Sylvio R. Acústica aplicada ao controle de ruído. 3 ed. São Paulo: Blucher, 2018. 436p.

CENTRO PAULA SOUZA. Sobre o Centro Paula Souza. Disponível em: https://www.cps.sp.gov.br/sobre-ocentro-paula-souza. Acesso em: 23 jul. 2019.

DEUTSCHES INSTITUT FÜR NORMUNG – DIN. DIN E 18041. Acoustic quality in rooms - specifications and instructions for the room acoustic design. Berlim, 2003.

GREAT BRITAIN DEPARTMENT FOR EDUCATION AND SKILLS- DFES. Acoustic design of acoustic schools: a design guide. Stationery Office, 2003. (Building bulletin 93).

FEDERAL HIGHWAY ADMINISTRATION- FHWA . Highway traffic noise analysis and abatement policy and guidance. Disponível em: https://www.fhwa.dot.gov/environMent/noise/regulations_and_guidance/ polguide/polguide03.cfm. Acesso em: 15 jun 2020.

FUKUCHI T.; UENO, K. Guidelines on acoustic treatments for schools buildings proposed by the Architectural Institute of Japan. In: THE INTERNATIONAL CONGRESS OF ACOUSTICS, Kyoto, 2004. Proceedings … Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/268345588_Guidelines_on_acoustic_treatments_for_school_ buildings_proposed_by_the_Architectural_Institute_of_Japan>. Acesso em: 18 abr 2020.

GANTOIS, Carlos. Tecnologia, inovação e competitividade da indústria brasileira. Salvador: Federação das Indústrias do estado da Bahia, 2014. Disponível em: http://www.fieb.org.br/apoio_a_industria/ Noticia/2079/artigo--tecnologia-inovacao-e-competitividade-da-industria-brasileira-.aspx. Acesso em: 22 set. 2019.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA- IBGE. Divulga as estimativas de população dos municípios para 2018. Brasil. Estatísticas Sociais, 29 ago. 2018. Disponível em: https://agenciadenoticias. ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agência-de-noticias/releases/22374-ibge-divulga-asestimativas-de-populacao-dos-municipios-para-2018. Acesso em: 12 jun. 2019.

IKEDA, C.Y.K. Determinação de faixas de operação de parâmetros acústicos para avaliação da qualidade sonora de salas de aula. 2019.313f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, 2019. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16132/tde15012019-162548/pt-br.php. Acesso em: 16 abr 2020.

REICHHELD, Fred. The Ultimate Question 2.0: How Net Promoter Companies Thrive in a Customer-Driven World. [S.l.: s.n.], 2003. 290 p.

ZANNIN, P.H.T.; FIEDLER, P.E.K.; BUNN, F. Reverberation time in classrooms – Case study: When an administrative decision changes acoustic quality. Journal of Scientific and Industrial Research. v.728, p. 506 – 510, 2013. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/288249614_Reverberation_ time_in_classrooms_-_Case_Study_When_an_administrative_decision_changes_acoustic_quality. Acesso em 18 abr 2020.

ZWIRTES, D. P. Z. Avaliação do desempenho acústico de salas de aula: estudo de caso nas escolas estaduais do Paraná. 2006.161f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Pós Graduação em Construção Civil, Departamento de Construção Civil, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2006.c

Apontamentos

  • Não há apontamentos.